Browse Author

Esther Bereznjak

ESTILOAVANchamada
Lifestyle

Estilo Avançado

29/02/2016

Esse é um post que vale reflexão. Sempre achei sensacional algumas grandes marcas levarem idosas com atitude pra serem os rostos de suas campanhas (tipo a Joan Didion na campanha da Céline). Mas eu não conhecia o blog incrível do fotógrafo Ari Seth Cohen e todo esse movimento que ele conseguiu iniciar com o seu trabalho.

Eu descobri e me apaixonei depois de ver o documentário Advanced Style, disponível no Netflix. O longa retrata a vida de 7 idosas novaiorquinas e como elas conseguem levar o envelhecimento não como parte central da vida delas, mas como algo que incrementa mais ainda seu estilo e atitude (de ser feliz do jeito que é).

O documentário me trouxe várias reflexões, entre elas: quando eu ficar velha, meu estilo têm de tornar-se clássico? Aquela senhorinha com um cardigan e saia de pano comprida? Olha, pode parecer muito fútil essas questões pra alguns. Mas o ponto é: quando eu me visto, eu reflito o que se passa pelo meu interior. Por exemplo, se você me ver com um jeans azul e um moletom da GAP, com certeza é porque eu tô beem passada (alô, final de semestre!). E aí chega a questão de envelhecer, que por si só, já é bem complicada. Como eu vou me sentir em roupas que não me definem? É um fato que vou me sentir deixada de lado, interiormente também.

AVANESTQUOTE2

É incrível como elas conseguem usar suas roupas super elaboradas pra representar o espírito tão jovem dentro delas. Sem se restringir à opinião alheia, considerando o que realmente importa na hora de se vestir: a sua personalidade e a aceitação de quem você é.

Se depender de mim, eu quoto o documentário inteiro. É incrível como elas usam a questão do estilo com uma sabedoria incrível. É uma seriedade que me fez sentir envergonhada em falar que eu estudo qualquer coisa sobre styling. Passar algumas horas conversando com essas senhoras valeriam por mil horas de aula de qualquer curso. Com certeza, foi uma inspiração tanto pessoal quanto profissional pra mim.

“Eu sou realmente uma artista, e minha arte é se vestir.”

Queria também ressaltar que a fotografia do filme é incrível e sabe retratar muito bem o estilo único de cada uma!

“I don’t want to look young, I want to look great!” Joyce, 79 anos

Enfim, faça o favor a si mesmo e veja esse documentário! Segue o trailer dele:

E, agora, pra mim, fica o próximo da lista: o documentário focado na super Iris Apfel.

Quero aproveitar e pedir desculpas pelos atrasos no post. Infelizmente faz um tempinho que eu tava com alguns problemas na rede, mas agora já tá tudo certo ♥

Esther Bereznjak
Leia meus posts!

NORWAY
Lifestyle

#WishlistDD: 5 viagens (que eu preciso fazer!)

25/02/2016

1. Noruega

Pensa em uma pessoa que quer OBSESSIVAMENTE ver o a Aurora Boreal de perto. Tipo, mesmo. É uma viagem que tá no topo da lista dos meus planos de viagem. E escolhi a Noruega porque as paisagens mais bonitas que eu vejo com o fenômeno por aí vêm de lá (mas se der tudo certo vou ver em vários outros lugares, também kk). ♥

 

2. Grécia

Acho que nem preciso comentar nada dessas baías maravilhosas da Grécia né? Isso pra não falar da parte histórica.

 

3. Islândia

Teria como não se sentir em outro mundo com essas paisagens maravilhosas?

 

4. Rússia

Além dos lugares incríveis pra visitar (olha a arquitetura INCRÍVEL dessas igrejas!), é a terra de um dos meus avôs, então “tá no meu sangue”.

 

5. Versalhes

O château de Versailles é um amor antigo pra mim. Desde a primeira vez que vi o filme Maria Antonieta, da Sofia Coppola, sou fascinada por essa figura histórica e o ambiente que ela vivia. Tô sempre lendo biografias dessa lynda e cada vez sinto mais necessidade de ver e poder imaginar tudo isso que eu leio/vejo de perto. Acho que de todas as viagens que postei aqui, é a mais fácil de realizar kk

 

Não escrevi muito na postagem porque eu acho que os ambientes de todas esses lugares falam por si só. Quem quiser ver mais algumas ideias de viagens belíssimas, só vir aqui no meu painel do Pinterest que fiz exclusivamente pra todos os lugares do mundo que eu quero passar um dia. Fiz essa postagem baseada na blogagem coletiva de Fevereiro do grupo Daydream ♥

E vocês, me contem, qual são os lugares que você sonham e pretendem ir?


Esther Bereznjak
Leia meus posts!

Harajuku-Decora-Fashion-Walk-15-060
Moda

#Mondayspiration: O estilo Harajuku

22/02/2016

Primeiro de tudo, queria pedir desculpa pela instabilidade na frequência dos posts! Com a voltas das aulas sempre rola aquela confusão sabe? Mas promeeeeeto que não vai acontecer mais kkk

Decidi começar a segunda feira de uma maneira da gente se inspirar. Eu acho que tem tanto estilos legais por aí, diferentões e únicos à sua maneira. Claro, cada pessoa, inclusive, tem seu próprio. Tem gente mais romântica, a moça mais casual, aquela suuper contemporânea.. Mas isso não impede em dar uma olhadinha em outros estilos e até mesmo puxar alguma coisinha deles pra compor nosso próprio!

Então, explicado isso, começo aqui com uns dos estilos mais divertidos: o do pessoal do distrito de Harajuku! O estilo desses jovens que frequentam lá é extremamente peculiar e extremamente criativo. Dificilmente (ou melhor, impossível) ver alguém com o mesmo look lá! Possui influência de todas as tribos ocidentais imagináveis, desde punk até rockabilly (só que adaptados à cultura japonesa!). E isso pra não contar todas as tribos diferentes que existem no Japão. Pra ilustrar um pouco melhor, vou aproveitar e falar de algumas principais aqui.

 

DECORA

A palavra “Decora” vem da palavra ‘decoration’, o que faz um super sentido, já que a regra desse estilo é: mais é mais. Camadas de roupas, presilhas coloridas, presilhas da Hello Kitty, mais camadas de roupas, bolsinha(s) fofa(s), camada de acessórios, camada de roupas, mais presilhas e mais 200 camadas de acessórios. E tudo isso bem colorido, e um jeitinho ‘kawaii(“fofo” em japonês) infantilizado mesmo!

 

LOLITA

Um vestido lindo, sapato de boneca e um grande laço – ou outro acessório fofo – na cabeça. Tem alguém que não fica encantado vendo essas meninas que parecem bonecas?! Baseado na era Rococó e na era Vitoriana way of dressing. Esse estilo é um dos mais vistos por aí quando a gente vê algo sobre ‘moda alternativa japonesa’. É bem famoso fora do Japão, também.

E dentro do estilo ‘Lolita’, ainda tem várias subdivisões (ex: Classic Lolita, Gothic Lolita, Sweet Lolita….)

 

VISUAL KEI

Baseado em uma estética andrógina, vem da influência da estética de músicos de bandas de J-Rock. Trajes elaborados, maquiagem bem marcante, cabelos coloridos com penteados bem exagerados, lentes, sobreposição de trajes… Cheio de subdivisões, remete aos mais variados estilos: desde ao punk/gótico até uma pegada mais vitoriana.

 

MORI GIRL

Mori significa ‘floresta‘ em japonês. Então, acho que já dá pra ter uma ideia do que significa. Tecidos naturais tipo o algodão, tons terrosos que remetem à natureza, vestidinhos florais, sobreposições de peças, tudo com cara de feito à mão e bem confortável. Essa é a tal da “garota da floresta”.

 

NA RUA: TUDO JUNTO&MISTURADO

Acho que deu pra ter uma ideia de como esses estilos underground japoneses são muuuito diversificados. Tem uma infinidade deles, subdivisões, híbridos, enfim, vai muito além desses 4 exemplos rápidos. O ponto é: imagina uma região em que tem tuuuudo isso (+ estilos baseados no ocidente). Isso é Harajuku! Não é à toa que o streetstyle de lá vira e mexe serve de inspiração pra diversos criadores e estudos de tendências.

Aproveitei a pesquisa e fiz um top 5 de alguns looks que encontrei por aí:

HARAJUKU22 cópia

 

Gostou? Ficou curioso pra saber mais sobre essa cultura? Tem alguns sites bem legais por aí, tipo o HarajukuBR e TokyoFashion. Também criei um painel no Pinterest com alguns looks bem legais, vem dar uma olhada e me conta o que você achou. ♥


Esther Bereznjak
Leia meus posts!

WWWACAPA
Moda

Editorial Wiedergeboren

17/02/2016

 

Ensaio baseado no longa “Phoenix“, de Christian Petzold . Produzido no curso livre “O Pensamento Visual” no Centro Universitário Belas artes – SP.

Orientadora: Jô Souza

Produção de moda: Ana Carolina Brasil, Barbara Miranda, Cintia Oliveira, Eduarda Rodrigues, Esther Bereznjak Cunha, Jéssica Domenico, Neili da Silva Moreira,  Patricia Matsuda,  Manoela Costa Ribeiro, Tayenne Scudelari Peçanha e Maria Eduarda Negrini.

Fotografia: Vanessa Diskin

Cast: Larissa Portolani

Maq/Hair: Alessandro Tierni


Esther Bereznjak
Leia meus posts!