Primeiro de tudo, queria pedir desculpa pela instabilidade na frequência dos posts! Com a voltas das aulas sempre rola aquela confusão sabe? Mas promeeeeeto que não vai acontecer mais kkk

Decidi começar a segunda feira de uma maneira da gente se inspirar. Eu acho que tem tanto estilos legais por aí, diferentões e únicos à sua maneira. Claro, cada pessoa, inclusive, tem seu próprio. Tem gente mais romântica, a moça mais casual, aquela suuper contemporânea.. Mas isso não impede em dar uma olhadinha em outros estilos e até mesmo puxar alguma coisinha deles pra compor nosso próprio!

Então, explicado isso, começo aqui com uns dos estilos mais divertidos: o do pessoal do distrito de Harajuku! O estilo desses jovens que frequentam lá é extremamente peculiar e extremamente criativo. Dificilmente (ou melhor, impossível) ver alguém com o mesmo look lá! Possui influência de todas as tribos ocidentais imagináveis, desde punk até rockabilly (só que adaptados à cultura japonesa!). E isso pra não contar todas as tribos diferentes que existem no Japão. Pra ilustrar um pouco melhor, vou aproveitar e falar de algumas principais aqui.

 

DECORA

A palavra “Decora” vem da palavra ‘decoration’, o que faz um super sentido, já que a regra desse estilo é: mais é mais. Camadas de roupas, presilhas coloridas, presilhas da Hello Kitty, mais camadas de roupas, bolsinha(s) fofa(s), camada de acessórios, camada de roupas, mais presilhas e mais 200 camadas de acessórios. E tudo isso bem colorido, e um jeitinho ‘kawaii(“fofo” em japonês) infantilizado mesmo!

 

LOLITA

Um vestido lindo, sapato de boneca e um grande laço – ou outro acessório fofo – na cabeça. Tem alguém que não fica encantado vendo essas meninas que parecem bonecas?! Baseado na era Rococó e na era Vitoriana way of dressing. Esse estilo é um dos mais vistos por aí quando a gente vê algo sobre ‘moda alternativa japonesa’. É bem famoso fora do Japão, também.

E dentro do estilo ‘Lolita’, ainda tem várias subdivisões (ex: Classic Lolita, Gothic Lolita, Sweet Lolita….)

 

VISUAL KEI

Baseado em uma estética andrógina, vem da influência da estética de músicos de bandas de J-Rock. Trajes elaborados, maquiagem bem marcante, cabelos coloridos com penteados bem exagerados, lentes, sobreposição de trajes… Cheio de subdivisões, remete aos mais variados estilos: desde ao punk/gótico até uma pegada mais vitoriana.

 

MORI GIRL

Mori significa ‘floresta‘ em japonês. Então, acho que já dá pra ter uma ideia do que significa. Tecidos naturais tipo o algodão, tons terrosos que remetem à natureza, vestidinhos florais, sobreposições de peças, tudo com cara de feito à mão e bem confortável. Essa é a tal da “garota da floresta”.

 

NA RUA: TUDO JUNTO&MISTURADO

Acho que deu pra ter uma ideia de como esses estilos underground japoneses são muuuito diversificados. Tem uma infinidade deles, subdivisões, híbridos, enfim, vai muito além desses 4 exemplos rápidos. O ponto é: imagina uma região em que tem tuuuudo isso (+ estilos baseados no ocidente). Isso é Harajuku! Não é à toa que o streetstyle de lá vira e mexe serve de inspiração pra diversos criadores e estudos de tendências.

Aproveitei a pesquisa e fiz um top 5 de alguns looks que encontrei por aí:

HARAJUKU22 cópia

 

Gostou? Ficou curioso pra saber mais sobre essa cultura? Tem alguns sites bem legais por aí, tipo o HarajukuBR e TokyoFashion. Também criei um painel no Pinterest com alguns looks bem legais, vem dar uma olhada e me conta o que você achou. ♥

#Mondayspiration: O estilo Harajuku

Moda · Styling
2016